….

Narciso

“Onde foi parar você, a Narcisa que se amava tanto e tanto sorria, tanto queria dar e mais ainda receber?

Onde acabaram seus sonhos, suas esperanças, suas loucuras, loucuras de vida, loucuras de morte?

Onde está você, imagem refletida no espelho, onde posso te procurar, te encontrar, COMO TE SEGURAR?”

 (Cem escovadas antes de ir para cama, Melissa Panarello)

 

Narcisa, de Cícero D'Ávila

Narcisa, de Cícero D'Ávila

 

O oráculo Tirésias disse à ninfa Liríope, mãe de Narciso, que este viveria muitos anos, desde que não se visse.
Mas um dia, à beira da fonte, Narciso viu sua própria imagem refletida e apaixonou-se por si mesmo, atirando-se ao fundo do lago.

Narcisa, ao ver sua beleza refletida no espelho, petrificou-se e seu sono parece durar séculos.
Mas muitos ainda esperam o seu despertar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: