Elas caem ao chão…

lady-with-black-rose-stefan-nielsen

lady-with-black-rose-stefan-nielsen

Felicidade que me habita.

Calma que me abraça.

Euforia que me acompanha.

E na quarta-feira eu não estarei cinza (s).   Estarei mais é sob purpurinas  cintilantes e paetês multicoloridos.

Colombina que me vive!

Desatinada pelas ruas de pedras ainda, di-amante do Vale.

Os dias se desmanchando, já cantando, alegrias a chorar, des – rasgar fantasias desvairadas.

E talvez eu não volte.

Não.

Talvez eu encontre Januária na janela com seus olhos de mar, marejados.

E eu vá com ela… não-nascer no tempo da maldade do faz-de-conta que já foi destruído pelas dançarinas mortas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: